Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MIX Rocha

MObfloripa | Guia

Everbike

PLAMUS

FITZZ | e-bikes


LOCAL: Veja como foi a abertura do Fórum das Américas sobre Mobilidade







Data:

23/03/2010

Fonte:


Fonte da imagem:


TAGs:


Editoria:



Atualização:



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Manual bem humorado dos privilegiados auditivos



* Magrelas, gratuitas e eficientes em Brasília



* ALTERAÇÕES na linha 1412 - Campinas Kobrasol - Executivo VIP



* Linhas de Canasvieiras recebem alterações em outubro



* Trânsito do Centro da Capital sofre alterações nesta segunda quinzena de outubro.





Na noite dessa segunda feira, 22, ocorreu a abertura do I Fórum Fórum das Américas sobre Mobilidade, em solenidade no Teatro Pedro Ivo. Durante a abertura, que teve a participação do jornalista Mário Motta como apresentador, a platéia de convidados ouviu as falas do presidente do IPUF, Átila Rocha dos Santos, da arquiteta Vera Lúcia Gonçalves da Silva, consultora da Rede Movilization, do Secretário Mun. de Meio Ambiente e Des. Urbano, José Carlos Ferreira Rauen, do presidente do CREA-SC, Raul Zucatto, do representante do prefeito da cidade de Stuttgart e coordenador das redes Cities for Mobility, Patrick Daude, da gerente da Infraero, Tânia Cristina de Menezes Caldas, do secretário de Tecnologia, Carlos Roberto de Rolt e do prefeito Dário Berger.

O alemão Patrick Daude, que representa o prefeito de Stuttgart, Wolfgang Schuster, falou sobre a experiência de sua cidade e de projetos que estão sendo estudados para melhorar os meios de circulação das pessoas. Daude lembrou que as cidades são o palco onde as principais ações vão se desenvolver no futuro e que é preciso reinventar a mobilidade com o mais alto grau de inovação. "Nós estamos aqui para dividir nossa experiência com Florianópolis, completou. O presidente do CREA-SC, Raul Zukatto, fez uma avaliação crítica das formas de se abordar as questões da mobilidade: "As cidades estão crescendo, as populações precisam transitar e nós precisamos debater as principais alternativas. É preciso haver vontade política mas também precisamos fazer, antes de tudo, uma análise técnica importante. "Nossa cidade está a cada dia mais parada." Já, segundo o Secretário Mun. de Meio Ambiente e Des. Urbano, José Carlos Ferreira Rauen, este primeiro Fórum das Américas seria um evento de modismo, "mas modismo no bom sentido", brinca. Ele ressaltou que sem o envolvimento das autoridades políticas e executivas, serão infrutíferos os esforços coletivos que se vem fazendo para se construir alternativas que equacionem os problemas de mobilidade em Florianópolis.

O Fórum das Américas sobre Mobilidade, uma continuação do Congresso Mundial de Mobilidade, realizado no ano passado em Stuttgart, na Alemanha, tem o objetivo de promover a troca de experiências e buscar soluções para contornar os problemas corriqueiros de mobilidade urbana. Durante os próximos dois dias haverá uma série de painéis sobre acessibilidade, ciclovias, transporte motorizado individual e coletivo, metrô subterrâneo, mono-trem, teleféricos, transporte marítimo e transporte aéreo. As atividades terão início às 8:30 da manhã e se estenderão até às 20:00, no Teatro Pedro Ivo.

...

FONTE: Redação MobFloripa
FOTO: Leonardo Tolomini Miranda
TAGS: mobilidade, acessibilidade, transportes
Divulgação: www.mobfloripa.com.br